Paraíba Já

Publicidade

redacao@paraibaja.com.br

Parque Zoo Arruda Câmara ganha 3 novos espaços

Paraíba 28/10/2010 às 14:43




O Parque Zoobotânico Arruda Câmara (a Bica) está de cara nova. Nesta sexta-feira (29), a partir das 9h, o prefeito Luciano Agra, inaugura três novos recintos para visitação pública: o Caminho dos Pássaros, que abrigará aves de pequeno porte, a Casa de Répteis, um espaço para cobras e lagartos, e a Oca, uma construção destinada à educação ambiental. A recuperação da Bica faz parte das diretrizes da Prefeitura Municipal de João Pessoa que tem revitalizado parques, praças e demais áreas verdes da capital.

“Esses novos espaços da Bica marcam a afirmação de uma política urbana que prima pela sustentabilidade, investindo na recuperação e criação de parques públicos, que são a única maneira de garantir a cobertura vegetal que João Pessoa possui, e, ao mesmo tempo, propicia à população o acesso a reservas naturais que são verdadeiros espaços de contemplação e renovação das energias”, afirma a secretária de Planejamento Estelizabel Bezerra.

Com as novas áreas, os frequentadores da Bica poderão observar, ainda mais de perto, os hábitos e a rotina de diferentes espécies. No Caminho dos Pássaros, os visitantes terão a oportunidade de circular entre mais de 100 aves sem nenhuma grade ou barreira impedindo o contato com elas. O recinto é o maior projetado até agora, com 800 m2 de área e um mini-ecossistema, composto por árvores, plantas, gramado e um córrego.

A Casa de Répteis promete adrenalina para quem não tem medo de serpentes e lagartos. Os visitantes poderão circular pelo recinto e observar, através de uma parede de vidro, jibóias, pítons, salamantas, entre outras espécies. Como os répteis são animais pecilotérmicos (a temperatura do corpo deles varia de acordo com a do ambiente), luzes especiais, que emitem de raios ultravioleta, serão instaladas no ambiente para manter a temperatura estável e garantir mais conforto para os animais.

Já a Oca, que recebeu este nome por conta do seu formato arredondado, inspirado nas habitações indígenas, é um espaço destinado à educação ambiental. Ali, os visitantes vão descobrir curiosidades sobre o Parque Arruda Câmara, que ganhou este nome em 1922, em homenagem ao botânico paraibano Manoel de Arruda Câmara. O público também poderá aprender, por meio de vídeos, palestras e exposições, curiosidade sobre a Bica, que ocupa uma área de 26,8 hectares e possui resquícios de Mata Atlântica, e os cerca de 500 animais que vivem no local.

Outras melhorias

No mês passado, a Bica ganhou um espaço Falconiforme, destinado a abrigar aves de rapina. A próxima etapa desse projeto de requalificação prevê a inauguração de um novo píer, a restauração do espaço em volta da Fonte Tambiá a e construção de um novo recinto para mamíferos de pequeno porte. Segundo a secretária de Planejamento, Estelizabel Bezerra, essa revitalização está apenas na primeira etapa e integra uma ação mais ampla para implantação de parques nos quatro quadrantes geográficos da cidade. O benefício desses investimentos, de acordo com ela, é inestimável.

“A bica faz parte da historia de muitos pessoenses, desde a infância, passando pela adolescência, maturidade e velhice. É um desses lugares que resguardam a história e a alma de uma cidade que nasceu com talentos e reservas naturais para ser bela e ter qualidade de vida. Existe, nesse investimento, um beneficio inestimável na relação custo-benefício, por se tratar do que deixamos para as gerações futuras”, afirma.

Novas atividades

A Prefeitura de João Pessoa (PMJP), por meio das Secretarias de Meio Ambiente e de Saúde, vai entregar à população, nesta sexta-feira (29), um novo espaço para a prática de tai chi chuan, biodança e terapia comunitária. As atividades do Núcleo de Aplicação e Formação em Práticas Integrativas e Complementares serão desenvolvidas no Centro de Estudos e Práticas Ambientais, que funciona no Parque Zoobotânico Arruda Câmara, a Bica.

O Núcleo de Aplicação e Formação em Práticas Integrativas e Complementares será estruturado no ambiente do Parque Zoobotânico Arruda Câmara, Bica, onde profissionais da saúde atenderão as pessoas. O novo espaço integra as ações do Governo Municipal, que adotou, este ano, a Ecopedagogia da Permacultura como metodologia de educação ambiental.

Os interessados em praticar essas terapias poderão se inscrever no período de 03 a 08 de novembro, pelo telefone 3218 9841. As atividades serão desenvolvidas a partir do dia 09 de novembro.

Paraíba Já com SECOM-JP


 





Comentários

enquete

twitter